DSC00905.JPG
Captura de Tela 2019-10-30 às 14.14.34.
ESCOLA TÉCNICA ALIF copy.jpg
b1.JPG

Com objetivo de criar e produzir espetáculos teatrais associados a Ações Sociais de impacto na sociedade, os artistas Gustavo Paso e Luciana Fávero (ambos presidente e diretor da associação proponente do projeto), se juntam e fundam a ONG Ligados Ao Futuro.

Com objetivo de trabalhar a inserção social através da Arte e produzir os espetáculos da CiaTeatro Epigenia (www.epigenia.art).

 

Em 2003, com patrocínio do Instituto Telemar, criamos e produzimos o Projeto Teatral Salada Mista-Atividade Teatral Ludo educativa em homenagem a 100 de Portinari. O projeto foi um grande sucesso e replicado em mais de 40 bairros da Prefeitura do Rio de Janeiro, inclusive recebendo a Chancela da UNESCO.

 

Os horizontes iam se expandindo e a ONG junto a cia eram solicitadas para projetos especiais, assim o Diretor Gustavo Paso foi contratado pela Coca-Cola Internacional para criar um projeto no Espírito Santo com reflexos no Rio de Janeiro. O projeto cresceu de uma forma consistente e virou um evento batizado por Paso de: CARAVANA FAMÍLIA COCA-COLA. Com Patrocínio da própria e da Volkswagen Caminhões, o evento tomou conta das duas cidades.

 

Em 2011 iniciou-se um projeto de teatro na Comunidade do Morro Dona Marta com mais de 20 alunos oriundos de vários setores da comunidade. O principal objetivo era gerar interesse pelas artes e iniciar o projeto da Escola tecnica Ligados Ao Futuro. O projeto durou 10 meses, com absoluto sucesso, mas não foi dessa vez que conseguimos implementar a Escola.

 

Projetos realizados

  • ECOmBonecos: realizado com crianças e jovens na Favela Nova Divinéia e com a comunidade carente do Grajaú na Reserva Florestal do Grajaú. Este projeto conscientizou sobre as embalagens de variados produtos jogadas como lixo, sua decomposição e reciclagem. O lixo que produzimos não tem nenhuma utilidade para a maioria das pessoas. Na verdade existe muito lixo que não é lixo, que pode ser reaproveitado, como caixas, vidros, frascos plásticos. No Projeto educávamos abordando o lixo e o ambiente e reciclávamos o lixo com a arte, confeccionando bonecos e apresentando peças teatrais criadas pelos jovens e crianças;

  • Educação Social: através do teatro educamos nossas crianças: personagens como: Água Viva; objetiva informar sobre a falta d’água do planeta; e Os Alertas, família em transito; objetiva informar sobre os sinais de trânsito;

  • Projeto Ser Cidadão: educação e orientação através da Arte. Executado em favelas e comunidades do Rio de Janeiro;

  • Salada Mista Atividade Ludoeducativa: pesquisa educacional sobre o nível metacognitivo de alunos de 4ª e 5ª séries de escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro;

PROJETOS FUTUROS

  • Lançamento do Livro EDUCAÇÃO: ONDE ESTÁ O TAL FUTURO?;

  • Lançamento do Documentário EDUCAÇÃO: ONDE ESTÁ O TAL FUTURO?;

  • ESCOLA TECNICA LIGADOS AO FUTURO;

  • Projeto TEATRO FALADO, direcionado a deficientes visuais; e

  • Salada Mista – Os 12 Trabalhos de Hercules. Continuação da pesquisa sobre Metacognição e a Ludoeducação.

Ações Culturais que envolveram atividades sociais em paralelo:

 

O ano de 2007 reservou a Cia. seu primeiro sucesso nacional: ARIANO, com texto de Gustavo Paso e Astier Basílio. Espetáculo com 18 atores e 40 instrumentos musicais tocados ao vivo, foi criado em homenagem aos 80 anos de Ariano Suassuna, foi um estrondoso sucesso da Cia, rendendo Capas de Cadernos Culturais de 04 cidades (Recife, João Pessoa, Brasília e Belo Horizonte) sem ao menos a peça ter previsão para visitar esses capitais. O espetáculo após 4 meses de sucesso no RJ, no CCBB, patrocínio do Banco do Brasil e Eletrobrás, seguiu para Curitiba onde realizou uma temporada de 01 mês no Teatro da Caixa; seguindo direto para o CCBB/SP onde ficou três meses. Dois anos depois o Programa PETROBRAS/BR 09/10 selecionou o projeto a partir da ideia da Cia. de subir as capitais brasileiras que são banhadas pelo Rio São Francisco. Iniciou-se a Turnê GRANDE CHICO (8 Capitais e a Cidade de Taperoá, onde cresceu o menino Ariano. No período de 2011 a 2012, batendo todos os recordes do ano de público e com imenso sucesso de crítica, estreamos a peça de Antony Shaffer, “Em Nome do Jogo”, outro sucesso nacional. Com convidado especial: Marcos Caruso, Com Patrocínio de estréia do Banco Volkswagen, a peça ficou em cartaz 01 ano no RJ e 6 meses em SP, foi aprovada no Edital BR/Distribuidora realizou mais uma turnê por 8 cidades através do edital da pela Eletrobrás; participou do Festival Internacional de Porto Alegre; e do Festival de Curitiba.

 

Ainda 2012 ganhou o PREMIO PRONAC DO MINISTÉRIO DA CULTURA que foi dado apenas para 17 espetáculos em todo Brasil. Inicia a criação e produção de BODOCONGÓ – POEMA DRAMÁTICO CINEMATOGRÁFICO. A peça realizou um circuito SESC pelo Nordeste, em 12 cidades e em 2016, ficou em cartaz no Teatro da Caixa SP (Praça da Sé) com patrocínio da Caixa.

 

Em 2013 GARAGEM, com texto e direção de Gustavo, alcançamos enorme sucesso de público e crítica, com enorme, repercussão em várias cidades. Cumprimos temporada em SP e no RJ. Um espaço de 1300 m2, onde recriamos um estacionamento de um condomínio de luxo, com 09 carros entrando e saindo de cena dirigidos pelos personagens durante toda a peça. Um elenco de 20 atores, um elevador cenográfico e uma equipe de técnica de 22 profissionais para fazer acontecer. O sucesso foi tão grande que o texto de Gustavo Paso foi roteirizado e virou filme (em fase de edição).

 

Em 2013 ainda, a Cia. ganhou um edital de Ocupação do Teatro Glaucio Gill em Copacabana, Zona Sul do RJ, o teatro faz parte do equipamento cultural do Governo do Estado do Rio. A Cia. realizou um trabalho reconhecido e histórico: “O trabalho da Cia de Teatro Epigenia é um divisor de águas nas ocupações” Felipe Marrom, na época presidente da fundação gestora do teatro. O trabalho de ocupação e direção artística ao final de um ano de ocupação, foi eleito como um dos 05 melhores teatros a se frequentar nas categorias: programação e atendimento, pesquisa realizada pelo Jornal O Globo e site Uol com seus leitores e assinantes. Nunca um teatro público, salvo o Municipal do RJ, havia galgado tamanho sucesso de público. Durante a Ocupação de 13 meses a Cia. conseguiu trabalhar em sua pesquisa, e nasce a Trilogia Mamet. A partir de três obras de David Mamet.

 

Tudo valeu muito a pena, foram 4 anos de mergulho para as três peças da trilogia, que finalizou esse ano e ainda estamos colhendo lindo frutos do retorno de críticos, público e prêmios. Em 2015 Oleanna, primeira peça da trilogia criada para comemoração de 15 anos da Cia. contabilizou mais de 250 apresentações, e em todas com realização de Debates com a plateia. Cumpriu diversa temporadas: ficou em cartaz no Sesc Pompéia (temporada que rendeu o Premio de Melhor Espetáculo eleito pelo júri do Premio Aplauso Brasil além das indicações em outras categorias; e a indicação ao Premio APCA e excelente criticas), no Teatro Eva Herz, fez circuito CEUs, Circuito Teatros da Prefeitura de SP, Circuito Sesc/SP e circuito Sesi/BH. Logo após no Rio fizemos o Circuito SESC, Circuito SESI e02 temporadas. Participou dos Festivais: Porto Alegre Em Cena, Garanhuns, Caxias do Sul, Tiradentes e Araxá. Em 2017 RACE, segunda peça da trilogia David Mamet, estreou no Teatro Viga/SP, fez temporada de 3 meses de enorme sucesso, fez circuito CEUs, circuito SESI/SP e RJ, 02 temporadas no RJ, circuito SESI/BH. Foi indicado aos Prêmios APCA, SHELL e acaba de ganhar o Premio Aplauso Brasil de Melhor Espetáculo deste ano. Em 2017, estreou HOLLYWOOD, ultima peça da trilogia, no Teatro Poeira no RJ e seguiu para SP no SESC Pinheiros e depois para a temporada no Teatro Sergio Cardoso, fez circuito APAA a peça está indicada ao Premio SHELL/SP e Premio APCA.

 

Ainda em 2017 estreamos o projeto Casa Caramujo, com texto e direção de Gustavo Paso, patrocínio da Oi, é um grande sucesso, conquistamos excelentes criticas, 21 indicações no RJ em todas as categorias possíveis. Fez temporada de 3 meses no Centro Cultural Oi Futuro Flamengo, Temporada no teatro Imperator, Festival de Inverno e circuito Sesc RJ. Atualmente esta em circuito SESI/SP – em 20 apresentações pelo interior; e em outubro fará temporada na Caixa Cultural/SP. Depois seguirá para temporada na Caixa Cultural/PE, em Recife.